Bye Bye Galliano

John Galliano, que trabalha na Dior desde 1996, foi agora suspenso do seu cargo de Director Criativo, por ter feito comentários anti-semitas e racistas a um casal sentado ao seu lado numa esplanada no bairro Le Marais.
Com uma taxa de álcool de 1,1, Galliano foi detido pela polícia pelo seu estado avançado de embriaguez, tendo saído em liberdade poucas horas depois, por falta de queixas formais contra si.
Ao ter conhecimento da atitude de John Galliano, a Dior suspendeu-o por ir contra todos os princípios da marca, como explicou Sidney Toledano, Director Executivo, "a Dior afirma, com total convicção, a sua política de tolerância zero em relação a palavras ou comportamentos racistas ou anti-semitas."





Sem comentários:

Enviar um comentário

Share your cutting edge comments!